fbpx

De maneira geral, hoje em dia, as ações de propaganda online são realizadas seguindo as diretrizes do marketing digital, um jeito moderno e eficaz de divulgar produtos e serviços na internet. Dentro desse conjunto de práticas, temos o e-mail, que desempenha um papel importante na comunicação com o cliente. 

Abordaremos neste texto como dentistas podem montar boas estratégias de e-mail marketing e promover suas clínicas odontológicas. Por isso, separamos informações e dicas valiosas para que você, profissional de odontologia, possa colocar tudo em prática logo depois de finalizar essa leitura. Acompanhe! 

Por que fazer?

Quando um consumidor realiza um cadastro oferecendo seus dados pessoais, ele abre espaço para uma aproximação com aquele estabelecimento. Desta forma, se você usar o e-mail marketing a seu favor, sua clínica pode, a partir daí, manter uma comunicação regular, próxima e direta com esse consumidor. Isso pode se tornar uma grande oportunidade de negócio. 

Além disso, um dos relatórios de estatística da empresa de pesquisas The Radicati Group apresentou que uma mensagem tem 5x mais probabilidade de ser visualizada quando recebida por e-mail do que por Facebook. Esse é um dado que mostra a relevância que a caixa de entrada ainda tem na vida das pessoas. 

Como planejar?

Antes de iniciar uma nova ação de divulgação do seu negócio, fazer seu planejamento é indispensável. Abaixo você confere sete tópicos que vão te ajudar a criar sua campanha de maneira eficaz e objetiva. 

 

  1. Tenha uma base de contatos: para começar uma ação de e-mail marketing antes é preciso que você tenha trabalhado para construir uma lista de contatos de pessoas que apresentaram interesse em ter esse tipo de relacionamento com você ou com a sua clínica. Trabalhe na construção dessa base recolhendo informações de pacientes e possíveis clientes por meio de cadastros na clínica, formulários online, eventos do setor etc.
  2. Contrate uma ferramenta de disparo: Para realizar ações de envio de e-mails para sua base de contato você vai precisar de um dispositivo que faça esse disparo automaticamente para você. Existem diversas opções no mercado que te ajudam não só a programar as campanhas como também mostram os resultados obtidos.
  3. Conheça seu(s) público(s): para qualquer ação de marketing, conhecer as características do leitor é ponto de partida, pois, apenas a partir da ciência desse perfil, torna-se possível produzir conteúdo, de fato, agregador. No marketing digital, a representação do cliente ideal é chamada de persona. Você pode entender melhor esse conceito lendo Marketing digital para dentistas.
  4. Separe seus públicos: a ideia desse tipo de e-mail é que você possa expandir sua ação de marketing para várias pessoas em um único disparo, mas isso não significa que precisa usar a mesma mensagem para todos os contatos da sua base. Se você oferece serviços para públicos distintos, disponha de materiais que estão mais de acordo com os interesses de cada grupo. Isso deve melhorar o nível de eficácia da sua abordagem.
  5. Tenha um objetivo: muitos intuitos diferentes são alvos de campanhas de marketing. Ao fazer contato com o seu público, você pode, por exemplo, estar em busca de aumentar o alcance da marca da sua clínica; estimular o retorno do paciente; ou gerar credibilidade ao seu trabalho. O mais importante é que você tenha o objetivo de cada campanha bem esclarecido para que possa, então, tomar as melhores ações no momento.
  1. Tenha um calendário de disparos: para criar um relacionamento duradouro com seu leitor, você precisa se manter presente. Por isso, monte sua agenda de disparos de e-mails, organize-a por grupos e objetivos, e mantenha em mente duas necessidades: periodicidade e frequência. Se quiser descobrir sua frequência ideal de disparos (geralmente 1x por semana) faça testes e acompanhe os resultados.
  2. Respeite o código de ética da odontologia: profissionais de odontologia devem, acima de tudo, se atentar as normas estipuladas pelo Conselho Federal de Odontologia (CFO) para evitar que suas ações desrespeitem o código de ética da profissão. Por isso, antes de colocar seu planejamento em prática, revise-o de forma a adequá-lo às normas legais.  

 Alguns cuidados relevantes para observar na hora de montar o material de publicidade da sua clínica são: 

  • Não fazer sorteios ou concursos para tratamento odontológico; 
  • Não divulgar diagnósticos ou prescrições; 
  • Não falar de técnicas e procedimentos sem comprovação científica.  

Como criar?

O material produzido para a composição de um e-mail marketing deve apresentar características condizentes ao objetivo do contato. Por isso, antes de criar a arte e o conteúdo da sua mensagem, preste atenção às premissas listadas abaixo: 

 

  1. Crie uma identidade visual: o material de divulgação deve passar a mensagem que você deseja emitir em cada detalhe, desde as cores até a fonte utilizada no texto. Portanto, para criar a identidade visual do seu conteúdo, tenha claro qual a sensação que você quer transmitir ao leitor.
  2. Atente-se a facilidade do carregamento da mensagem: smartphones são mais comuns que computadores hoje em dia, e isso aumenta bastante a probabilidade da sua mensagem ser aberta em um dispositivo menor. Por isso, desenvolva a arte e o texto visando a boa formatação e o carregamento rápido do conteúdo.
  3. Tenha um bom título: pense em uma chamada que chame a atenção, pois ela será a principal responsável pelo clique. Desenvolva frases chamativas para seus títulos que sejam, ao mesmo tempo, claras e objetivas.
  1. Seja acessível e simples: a mensagem do e-mail marketing é feita para comunicar algo e manter o relacionamento com o leitor ativo. Portanto, independentemente do tipo de conteúdo escolhido, seja simples. Evite formalidades, linguagens rebuscadas e imagens que afastem o seu consumidor. Faça o contrário – chame-o pelo nome, mostre que você e sua clínica estão sempre acessíveis e transmita a mensagem que deseja de forma amigável e eficaz.
  2. Pesquise e crie conteúdos valiosos: baseado no perfil do seu público-alvo, ofereça aquilo que tem utilidade ou que agregue conhecimento para ele, assim você aumenta a chance de mantê-lo engajado e satisfeito com o seu conteúdo.
  3. Call to Action: frases que chamam o seu consumidor para a ação são chamadas de Call to Action ou simplesmente CTA. Essas sentenças fazem toda a diferença para o seu e-mail, pois estimulam o leitor a agir, colocando em prática aquilo que acabou de saber por meio do seu conteúdo. Além de ser um bom jeito de finalizar sua comunicação de um jeito agradável.  

 Alguns bons exemplos de CTA para dentistas são: 

  • Acesse nosso Instagram e saiba mais 
  • Agende sua visita 
  • Clique aqui e cadastre-se  
  • Sentimos sua falta 

Por que mensurar os resultados?

A última etapa de uma boa estratégia de e-mail marketing é medir os resultados obtidos. Esse é o momento em que você fica sabendo se a ação que colocou em prática trouxe, de fato, bons resultados para seu negócio. 

Existem diferentes formas de acompanhar o sucesso de uma ação de marketing. Na internet, esse cálculo é facilmente realizado por meio das próprias ferramentas de disparo, que podem te informar os números relacionados aos disparos feitos, entregues e abertos. 

A importância do marketing para dentistas

A propaganda se modernizou muito ao longo dos anos, mas continua sendo um grande aliado do empreendedor em qualquer área de atuação. Uma pesquisa de 2020 do canal Simples Dental aponta que consultórios odontológicos que investem em ações de marketing faturam, em média, R$60 mil a mais por ano. 

O universo digital é amplo e inclusivo, e você, dentista empreendedor, pode obter bons resultados utilizando das mais diversas plataformas de comunicação online – como Whatsapp, <Instagram, blogs, sites e e-mails – para fazer o marketing do seu trabalho e promover a sua clínica. 

Quer saber mais sobre o assunto? Faça o download do nosso e-book gratuito: Marketing digital para dentistas: tudo o que você precisa saber. 

Deixe uma resposta

Open chat