ImplantesProdutos

O que é Platform Switching?

Por 12 de julho de 2021 No Comments

O que é Platform Switching?

Platform Switching se refere a situação na qual a plataforma do implante é maior que o diâmetro do pilar protético. Embora essa situação possa ocorrer nas conexões hexagonais, sua eficiência é de longe muito mais efetiva nas conexões do tipo morse. Essa modificação na relação implante-componente traz uma série de benefícios biológicos e mecânicos que impactam diretamente na previsibilidade estética, funcional e longevidade da reabilitação.

Quais os benefícios da Platform Switching?

A utilização de componentes protéticos de menor diâmetro do que a plataforma do implante, leva a formação de uma espécie de “degrau” (vide figura) onde após a inserção do implante é possível observar a formação óssea não só ao redor do implante, como também sobre a sua plataforma e ao redor do componente protético.

A diminuição do diâmetro do componente protético em relação ao diâmetro da plataforma do implante, faz com que o ponto de união das peças seja deslocado da plataforma para uma região mais central do implante, favorecendo a distribuição das forças mastigatórias e funcionais ao longo de todo o implante, diminuído o estresse sobre as plataformas preservando o tecido ósseo neoformado nessa área. Com isso existe um selamento biomecânico da região peri-implantar: formação óssea sobre o implante e algumas vezes me contato com o pilar, formando uma barreira física de tecido ósseo mineralizado recoberto um tecido mole denso fibroso que ajuda na obtenção da estética rosa, principalmente na formação das papilas.

Todo o portfólio de Implantes e Componentes Protéticos da Plenum, desde o Cicatrizador PEEK até seus Componentes definitivos, foram desenvolvidos para que você tenha a oportunidade obter todas as vantagens que só um sistema Platform Switching pode oferecer.

Referências:

Aslam A, Hassan SH, Aslam HM, Khan DA. Effect of platform switching on peri-implant bone: A 3D finite element analysis. J Prosthet Dent. 2019 Jun;121(6):935-940. doi: 10.1016/j.prosdent.2018.08.011.

Hsu YT, Lin GH, Wang HL. Effects of Platform-Switching on Peri-implant Soft and Hard Tissue Outcomes: A Systematic Review and Meta-analysis. Int J Oral Maxillofac Implants. 2017 Jan/Feb;32(1):e9-e24. doi: 10.11607/jomi.5140.

Degidi M, Perrotti V, Shibli JA, Novaes AB, Piattelli A, Iezzi G. Equicrestal and subcrestal dental implants: a histologic and histomorphometric evaluation of nine retrieved human implants. J Periodontol. 2011 May;82(5):708-15. doi: 10.1902/jop.2010.100450.

Degidi M, Piattelli A, Scarano A, Shibli JA, Iezzi G. Peri-implant collagen fibers around human cone Morse connection implants under polarized light: a report of three cases. Int J Periodontics Restorative Dent. 2012 Jun;32(3):323-8.

Deixe uma resposta

Open chat